Carta da Margarida aos pais

Carta da Margarida aos pais

Queridos pais,

Vivemos um momento histórico. Um momento que nos pede para darmos o melhor de nós enquanto o mundo está virado de cabeça para baixo.
Quem imaginou uma situação destas? Quem se imaginou fechado em casa com os filhos pequenos durante várias semanas?
 
A vida traz-nos desafios e a nós pais cabe-nos deixar aos nossos filhos a nossa herança, a melhor herança que lhes podemos deixar é a nossa resiliência!  A capacidade de olhar os desafios de frente, velejar no meio da tempestade e chegar a porto seguro. Nada disto é fácil, muito menos para os que estão a passar por dificuldades económicas e de saúde.
É nestas alturas que se percebe o melhor e o pior do ser humano e confesso-vos que não esperava uma tão grande capacidade do povo português de se reinventar, dar a mão ao desconhecido, encontrar soluções e perceber que juntos vamos mais longe.
 
Na escola, têm sido raros os casos de vozes dissonantes onde entra o salve-se quem puder, mas também esses acolhemos com toda a humildade, percebendo que o mundo onde se vivia era um mundo de competição, de egocentrismo, onde o meu problema é maior que o teu porque é meu.
Acredito sinceramente com o que tenho visto acontecer na nossa comunidade, que o mundo está em mudança, que estamos a perceber como nos temos que apoiar uns aos outros e como juntos vamos mais devagar, mas vamos mais longe. É tão bom sentir o apoio desta comunidade, as palavras de conforto e ânimo que recebemos todos os dias, os detalhes em que os pais reparam, os enormes SIMs que têm dito.
 
Queridos pais, as próximas semanas serão muito desafiantes para cada um de vós, serão semanas mais duras para percebermos o que aí vem, será a Páscoa passada nas nossas casas. Queremos que saibam que estamos cá para vos apoiar em CADA MOMENTO! Isto não são palavras, são ações, estamos mesmo cá para vos ouvir, para vos dar a mão, para juntos procurarmos soluções e caminhos.
 
A tempestade vai passar mesmo que não vejamos ainda a luz. JUNTOS iremos mostrar aos nossos filhos que sabemos chorar, sabemos ter medo, sabemos duvidar, sabemos reagir, sabemos enfrentar e sabemos alcançar.
 
Força pais.
  
Mantenham-se em casa, mantenham-se seguros. A Raiz vai ter convosco!
 
ESTAMOS JUNTOS