O Hábito de Procurar Soluções

O Hábito de Procurar Soluções

Queridos pais,

Na semana passada, senti a vossa falta e senti falta deste pequeno momento de partilha que depois alimenta as nossas conversas durante a semana!

Quero partilhar convosco o sucesso da HighScope International Conference, toda ela realizada online, num modelo de aprendizagem ativa para adultos. Foi um enorme desafio para os trainers – nos quais me incluo – pois a conferência teve mais de 1500 inscrições e as sessões mais de 100 participantes inscritos, tudo com o objetivo de garantir a intencionalidade, ação, partilha e reflexão. Foram dias muito intensos e muito motivadores. Participantes de todas as partes do mundo voltaram a estar juntos e contribuir para a implementação de uma educação de qualidade! Para além do Luis e de mim, tivemos a participar na conferência a Joana Lima e o Ricardo Andrade, o que foi uma enorme mais valia. No intervalo das sessões saía fumo dos nossos ecrãs, partilhávamos, sonhávamos juntos e fazíamos conexões com educadores e professores de todo o mundo!

Na Raiz, vive-se esta semana um evento também muito especial: o nosso querido ENTRE-PÁGINAS. Quando este evento foi criado, nunca imaginei que viesse a ter que superar o desafio Covid. A equipa que o organizou excedeu em muito as minhas expectativas e tornou numa realidade o impossível! O Hábito de Procurar Soluções faz parte do conjunto de hábitos Raiz e mereceu destaque nestes dias. Uma literacia sustentável é aquela que se cria no dia-a-dia Raiz, da qual as crianças saem ainda mais motivadas e desejosas de ler e partilhar o que leem. O objetivo do HighScope – becoming lifelong readers – é concretizado no dia-a-dia e potenciado nestes momentos. Tem sido um crescendo de emoções à volta dos livros, as crianças estão numa enorme azáfama a explorar, a fazer atividades, a tornar o momento ainda mais criativo e tudo isto se passa à volta de folhas de papel!!! Quando me perguntam qual o segredo para tantas crianças Raiz gostarem muito de ler, costumo dizer que só vendo podem perceber, pois é todo um processo de um misto de fazer, viver, sentir e encontrar muitos caminhos diferentes!

Bom fim-de-semana a todos e boas leituras. Já agora, leiam em voz alta para os vossos filhos, mesmo que eles sejam mais velhos.

Margarida Silveira Rodrigues
Diretora