Estamos juntos

Estamos juntos


Queridos pais,
 
O ano letivo vai dando os primeiros passos e o ritmo na escola vai mostrando o processo de criatividade e aprendizagem que os alunos estão a fazer.
 
Aprender é muito mais do que repetir o que o professor diz, fazer exercícios de um manual, ou memorizar datas. Aprender é construir conhecimento com confiança, com bases sólidas e com motivação. Conforme a idade da criança, assim o processo realizado. O programa curricular é o que é, definido pelo Ministério da Educação e aplicado pela escola, um programa que muito gostaríamos de ver alterado, mas sobre o qual não quero gastar muita energia pois a probabilidade de impactarmos nessa mudança é baixa.
Centramos-nos assim no modo como a criança constrói esse conhecimento, como chega a esses conteúdos e como vai para lá do que está no programa. Preparamos os nossos alunos para o presente e para o futuro, onde a informação está disponível e onde têm de encontrar caminhos alternativos para aceder à informação, construir com ela novos conhecimentos, fazer conexões, criar uma lógica no processo, aceitar desafios, procurar soluções e serem líderes das suas próprias vidas.
Implementamos um modelo certificado, o modelo HighScope, e sabemos por isso a importância da aprendizagem ativa, do aprender fazendo, da metodologia e do rigor que se ganha neste processo. A criança diz, com frequência e cheia de orgulho, que passou o dia a brincar e que não precisa de fazer trabalhos de casa! Ela ganha um enorme gosto por aprender, por saber mais, por estudar, por ler, por ser rigorosa e determinada em alcançar os seus objetivos.
Temos acompanhado muitos dos nossos antigos alunos que estão agora no ensino secundário, no ensino superior e no mundo do trabalho e verificamos a importância da Raiz que desenvolveram. Muitos entraram na sua primeira opção para a universidade, uns estudam ou estudaram no nosso país, outros no estrangeiro, com enorme facilidade na fluência do Inglês. Eles vão partilhando connosco as conquistas realizadas, a felicidade que vivem e o que a Raiz os marcou na metodologia de trabalho, na capacidade de planearem, fazerem e reverem, no espírito crítico, na certeza de serem capazes, na criatividade.
Como um pai dizia na última formação que fizemos este mês, “Nós adultos fomos ensinados a ler o mundo, as crianças na Raiz aprendem a construir o mundo”.
 
Queridos pais, entrem no barco, vivam com os vossos filhos momentos de emoções fortes, dêem-lhes tempo para aprenderem, perguntem-lhes o que fizeram na escola, dêem-lhes tempo para fazerem atividades extracurriculares mas também para brincarem livremente, serem crianças, aproveitarem a vida com intencionalidade e sem pressa nem stress.
 
Sugiro que no fim de semana aproveitem o tempo com os vossos filhos para fazerem algo em conjunto que todos gostem e onde se consigam envolver esquecendo irritações, zangas e problemas.
 
Bom fim de semana a todos!
 
Estamos juntos
Margarida Silveira Rodrigues
Diretora