Ano novo, vida nova!

Ano novo, vida nova!

Queridos pais,

Já estava com saudades de me corresponder convosco!

Ano novo vida nova!

 O início do ano letivo é um momento marcante na vida de cada um de nós que tem filhos em idade escolar. Voltamos a implementar ritmos já esquecidos, há reencontros, decisões a tomar e planos a realizar. Com eles vem também alguma preocupação, as crianças estão felizes e ansiosas ao mesmo tempo num misto de emoções difícil de explicar.

 É muito importante vivermos com toda a entrega este momento. 

Ter tempo para este início do ano pode ser transformador no desempenho da criança. É preciso haver tempo para preparar materiais, para conversar ao fim de dia e fim de semana, ouvir a criança, mais do que a encher de perguntas. 

Evite aquelas perguntas que já sabe que a criança não quer responder: com quem brincaste hoje? comeste o almoço? o que aprendeste? A criança tem um mundo de ações dentro dela e, numa escola de aprendizagem ativa, a criança agiu, aprendeu fazendo, brincou muito no exterior e no interior, planeou e reviu. Fica mesmo difícil para ela segmentar tudo para dar apenas aos pais aquele pequeno pedaço de informação que querem receber.

Deixo pequenas dicas:

  • Sugiro que comecem por perceber quando é que a criança está disponível para falar, uns é assim que saem da escola, outros é mais ao final do dia ou ao jantar. Criem espaços para os ouvir onde o vosso telemóvel está sem notificações nem tentações. 
  • Contem pequenas coisas do vosso dia que possam modelar a partilha da criança
  • Lancem perguntas baseadas nos tempos da rotina: O que fizeste hoje no Tempo de Pequeno Grupo (pré-escolar), nas Estações (1º e 2º ciclo); o que planeaste?; como foi o Tempo de Grande Grupo?. Às crianças de 1º e 2º ciclo perguntem-lhes ainda se iniciaram algum projeto ou que tempo do dia mais gostaram.
  • Não esperem grandes respostas, deixem apenas uma pergunta no ar sem insistência.
  • Percebam que a criança está cansada e precisa de brincar livremente, saltar, correr, ou simplesmente descansar!
  • Peço-vos que percebam também que a criança não precisa de fazer trabalhos de casa ao final do dia! O dia escolar das crianças é cada vez mais longo, não tenham medo de as deixar descansar! O TPC corre o risco de esgotar as crianças e a tensão que cria em casa é tão grande que, da nossa experiência, concluímos não ser vantajoso. Os nossos alunos quando sentem que precisam de rever uma matéria fazem-no autonomamente ou em momentos pontuais os professores sugerem algum estudo e isso é aceite com outra tranquilidade porque não é a rotina deles.
  • O tempo de qualidade não faz milagres se for muito escasso mas já ajuda muito se todos os dias as crianças tiverem nem que sejam 15 minutos de tempo de qualidade com os pais (sem telefone, nem conversas paralelas).

 Aproveitem os vossos filhos, deliciem-se com esta fase maravilhosa que eles estão a viver.

 Contem connosco para celebrar momentos bem vividos, para partilhar e para vos apoiar em tudo o que precisarem.

 Um excelente ano letivo para todos!

Margarida Silveira Rodrigues

Diretora